Como achar a babá ideal

0
5

[ad_1]

8 dicas para que você tenha muita certeza na sua escolha:

 Espalhe para o mundo que você está procurando uma babá: não apenas o seu círculo de amigas com filhos, mas todo mundo. A melhor forma de encontrar uma babá ideal é por indicação e pode vir de qualquer pessoa que você conheça. Minha primeira babá foi indicada numa situação inesperada. Eu havia me atrasado para uma reunião de trabalho por conta do meu filho, cheguei toda afoita na reunião e deixei “escapar” em voz alta “desculpe o atraso, preciso de uma babá!”. A reunião era com dois homens, eu nem sabia se eles eram casados, se tinham filhos. Um deles olhou para mim e disse “eu tenho uma ótima para te indicar, a que cuidou do meu filho”. Saí da reunião com o telefone da babá, liguei e deu certo. Foi assim minha primeira contratação. Na segunda vez que precisei, enviei mensagem para todos os grupos de WhatsApp que tenho. Esperava indicação do grupo da escola do meu filho ou do prédio onde moramos, mas acabei recebendo ótimas indicações de um grupo de coaching que fiz e de uma colega da ginástica.

 Afinididade: Pode ser que a babá que foi boa para sua amiga, não seja a ideal para você. Acho importante ter afinidade, afinal é a pessoa que irá participar da rotina da sua casa, conviver com sua família, cuidar do seu bem mais precioso. Faça a entrevista com calma para sentir a afinidade. Tem pessoas que preferem conviver com alguém quietinha, outras preferem as extrovertidas, pode ser que você queira uma babá com bastante experiência ou prefira uma candidata mais nova, sem tanta experiência, mas disposta a aprender do seu jeito e com mais energia.

 Converse com a empregadora anterior: esse é a melhor forma de tirar algumas dúvidas, como se a candidata é pontual no trabalho, se costuma faltar muito por motivos particulares ou consultas médicas, se usa muito o celular e whatsapp durante o horário de trabalho, se tem bastante energia para brincar com o bebê/ criança, se é organizada com os itens do seu filho.

 Crie situações hipotéticas na entrevista para avaliar as repostas: situações como o que ela faria se o bebê engasgasse. Se a criança caísse e sangrasse. Se o táxi onde ela estivesse com o bebê indo para a casa da avó começasse a dar voltas demais. Além de avaliar a experiência dela, é possível avaliar se a pessoa tem calma para conduzir situações adversas, se é pró ativa, confiante. Outras situações são se a criança morder ou bater na babá, se fizer birra. São comportamentos normais de uma fase do crescimento da criança, mas avalie se a babá tem iniciativa de colocar limites.

 Precisa ter experiência? Depende das suas prioridades. Uma babá com muitos anos de trabalho tem a vantagem de ter maior conhecimento, já ter cuidado de várias crianças, adquirindo experiências diferentes. Muitas vezes ela mesma tem filhos ou netos, sabe bem cada fase de uma criança, tem mais segurança e confiança. Por outro lado, pode ter sua opinião própria sobre criação e cuidados com bebê e ser mais difícil você impor suas vontades. Já uma babá nova pode ter mais energia para brincar e cumprir com os afazeres relacionados ao bebê. E ela pode estar muito disposta à aprender e seguir o que você solicitar.

Conduza uma entrevista completa: fiz um post com a relação de perguntas sugeridas clicando aqui.

 Deixe claro suas expectativas em relação à rotina da casa: sabe aquele ditado de que “o combinado não sai caro”. Converse desde a entrevista sobre suas expectativas em relação ao uso de celular, whatsapp, deixar o bebê/ criança na frente da TV ou iPad, rotina de limpeza do quarto, roupinhas, organização, comida. A vivência em conjunto precisa ser boa para os dois lados, então quanto menos surpresas a babá tiver em relação à rotina da sua casa e regras, melhor!

 Período de experiência: Se não der certo, tudo bem, comece a busca novamente. A lei permite que seja feito uma período de experiência de até 90 dias, assim ambas as partes avaliam se estão felizes. É necessário registro em carteira de trabalho desde o primeiro dia, destacando a condição de experiência na página “Anotações Gerais” da Carteira de Trabalho.

[ad_2]

Source link

SHARE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here